Série D

São Bernardo vence Metropolitano em casa e está nas oitavas

Publicado em 15 de julho de 2017, às 17h00

Com muita emoção, o São Bernardo segue vivo na Série D do Campeonato Brasileiro. Jogando no estádio Primeiro de Maio, em São Bernardo do Campo, o time de Wilson Júnior venceu o Metropolitano por 3 a 2, com dois gols de Vinícius Kiss e outro de Luiz Felipe – Renan e Elton descontaram para os visitantes. Como o primeiro jogo tinha sido 1 a 1 em Santa Catarina, o empate com dois gols não servia para o aurinegro.
 

Antes do apito inicial, ainda no aquecimento dos times no gramado, o atacante Ricardinho, do São Bernardo, sentiu uma lesão e precisou ser substituído de última hora por Fernando. O suplente deu conta do recado e foi um dos que mais se movimentou. Deu trabalho para a marcação do Metropolitano. Do outro lado, os catarinenses sofreram com Marcus Vinícius, que se machucou ainda no primeiro tempo e precisou ser substituído por Henrique.
 

O Metropolitano viajou para São Paulo com a ideia de segurar o jogo. O time recuou a marcação para frear o adversário e não fazia questão de ficar com a posse de bola. Em uma das poucas vezes que se arriscou no campo ofensivo, Jean Dias arriscou uma finalização bonita da intermediária, que deu trabalho para o goleiro Luiz Daniel. Além da curva, ela tocou no gramado, pegou velocidade e por muito pouco não abriu o placar.
 

Conforme o tempo foi passando, os visitantes foram igualando as oportunidades criadas, soltando um pouco mais os atacantes, mas sofreram o contragolpe no finalzinho do primeiro tempo. Aos 43 minutos, Vinícius Kiss fez uma linda jogada individual, carregou a marcação pelo meio e soltou para Johny, que emendou uma bomba em direção ao gol. O goleiro Zé Rafael teve dificuldade, soltou ela em cima da linha para o camisa oito apenas completar.
 

O técnico Wilson Júnior voltou para o segundo tempo com a ideia de segurar o resultado. O São Bernardo recuou suas linhas e deu mais campo para o Metropolitano, que também voltou dos vestiários muito mais incisivo e passou a tocar com tranquilidade na intermediária. Aos 21 minutos, Henrique poderia ter deixado tudo igual no estádio Primeiro de Maio, porém o goleiro Luiz Daniel mais uma vez apareceu bem para espalmar.
 

Quando o jogo já caminhava para os minutos finais, Henrique partiu em velocidade, acertou um lançamento para João Paulo, que viu ela esticar demais e precisou dividir com o goleiro. A bola acabou viva na grande área e num bate e rebate inacreditável o meia Renan apareceu para estufar as redes, quando o relógio marcava 29 minutos do segundo tempo. Mas o Metropolitano ficou pouco tempo sonhando com a vaga.
 

Aos 35 minutos de bola rolando na etapa final, Luiz Fernando encheu o peito de ar para um pique de quase 50 metros. Só na velocidade ele já conseguiu deixar Maurício para trás e só parou para comemorar o gol do São Bernardo. Em chute rasteiro, pegou o goleiro Zé Rafael no contrapé e a bola passou no cantinho direito. No minuto seguinte, Rodolfo fez uma falta no meio campo, recebeu o segundo cartão amarelo e deixou o Metropolitano com um a menos fora de casa.
 

No entanto, o jogo ainda guardava muita emoção para os minutos finais. Com quatro minutos de acréscimos, o Metropolitano arrumou uma falta distante, mas mandou todos os seus jogadores para a grande área. Na cobrança, Jean jogou no segundo pau e Elton subiu mais que todo mundo para testar. O empate dava a classificação aos visitantes, mas, na saída de bola, Alvinho correu para o ataque pela esquerda e a marcação tentou um carrinho, contudo ela tocou na mão do zagueiro.
 

O pênalti foi um balde de água fria para os jogadores do Metropolitano, que correram em direção a arbitragem para reclamar. O árbitro Pathrice Wallace Corrêa Maia precisou da entrada do policiamento para conter os ânimos. Depois de muita espera, Vinícius Kiss correu para a cobrança e jogou no pé da trave. Ela ainda tocou no poste antes de balançar as redes e explodir a torcida do São Bernardo.
 

Agora a quatro jogos do tão sonhado acesso à Série C de 2018, o São Bernardo decide com o São José-RS quem segue vivo nas oitavas de final do Campeonato Brasileiro da Série D. Com a vitória por 1 a 0 dentro de casa, no estádio Passo D’Areia, o time gaúcho garantiu a classificação. Os paulistas têm melhor campanha e por isso fazem o segundo e decisivo jogo dentro do estádio Primeiro de Maio.

Penalty Academia Kappa Marabraz Canon Amanco